Descubra as diferenças entre dirigir na cidade e na estrada.

Será que são grandes assim as diferenças entre “pegar estrada” e dirigir na cidade?

Começamos respondendo que sim, são grandes e, é muito importante estar atento e não tentar repetir alguns comportamentos comuns ao dirigir dentro da cidade.

Uma das grandes diferenças, é a velocidade em que se conduz um automóvel.

Na estrada o nível de velocidade é alto e isso exige muito mais do veículo e do motorista.

Quem viaja muito por exemplo, está acostumado com alta velocidade, tempo de reação e visão periférica reduzidos e sabe que tentar se impor em ultrapassagens em rodovias é altamente perigoso.

Em um piscar de olhos, tudo muda, aquele veículo que parecia estar longe na hora que olhou pelo retrovisor, um segundo depois, está muito próximo.

Nas rodovias e estradas do país, o veículo exige mais do motor e são preferíveis carros potentes.

A dica aqui é estar com o carro muito bem revisado, motor, radiador, parabrisa, óleo, calibragem dos pneus, incluindo o estepe, embreagem, enfim, toda a parte mecânica, carregar ferramentas de emergência e estar completo com todos os itens de segurança exigidos pela COLTRAN.

Também é bom lembrar aos motoristas que estão sempre nas estradas e rodovias Brasil afora, para estarem sempre com os contatos importantes em fácil acesso, como seguradoras de veículos e também um contato local da cidade para onde se viaja.

Esteja com toda a documentação do veículo em dia, isso vale muito para casos onde o veículo está trocando de dono por exemplo, ou qualquer regularização que esteja ocorrendo, lembrando que, para cruzar a fronteira com alguns países da América do Sul é necessário também o seguro carta verde.

Uma outra dica para estrada é dirigir com os vidros totalmente abertos ou totalmente fechados evitando assim, a desestabilização do veículo.

Nas ruas e avenidas da cidade, além da velocidade ser mais variada e menor, a troca de marchas é constante e o consumo de combustível pode até ser maior.

Na cidade se faz mais baliza, há uma certa constância em desvios de obstáculos, buracos, veículos parados e em diversas velocidades, transeuntes e pedestres, que pode-se até aconselhar aos motoristas, a investirem mais em sensores de estacionamento, câmera de ré e todo equipamento que possa facilitar e dar mais precisão ao dirigir pelas ruas da cidade. A forma de ultrapassagem na cidade também é diferente, há maior tempo em perceber o movimento nos retrovisores, já a atenção do motorista na estrada é muito alta, porém voltada a aspectos diferentes, precisa ser rápido, concentrado e dirigir com muita precisão, na cidade a atenção deve ser alta, porém os aspectos são menores em relação a velocidade e maiores em relação a quantidade de acontecimentos a se prestar atenção.

Na cidade o veículo também deve estar bem revisado, documentos em dia e contatos de emergência sempre à mão.

Finalizando, aconselhamos que, tanto pelas rodovias do país, quanto pelas avenidas dentro da cidade, não dirija se estiver com sono, se o cansaço do corpo reduzir drasticamente os níveis de atenção, ou qualquer problema de saúde que possa comprometer vidas e causar acidentes.

Aos iniciantes, busquem sempre que possível trafegar em horários fora do pico, com menor tensão e pegarem confiança aos poucos.

Se for dirigir na estrada pela primeira vez, vale a pena levar uma companhia experiente que saiba dirigir.

Espero que tenham gostado das dicas do nosso blog, tanto motoristas iniciantes, quanto para pessoas que estão mais acostumadas em dirigir seja dentro da cidade ou somente em estradas.

About the Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *